Tratamentos

Diabetes – como você pode evitar prevendo

“Ele é quem perdoa todas as tuas iniquidades , quem sara todas as tuas enfermidades” (Salmos 103:3).

Diabetes e Obesidade são apontadas como vilãs trazidas pelo progresso econômico e a urbanização.  São das mais importantes “Doenças de Estilo de Vida”.

Diabetes Tipo 2


Este vídeo é um material informativo para paciente que recebeu a prescrição de medicamentos para tratamento do diabetes.

 O diabetes é uma das mais antigas doenças da humanidade.  É uma doença crônica, ocasionada por alterações no metabolismo dos carboidratos e gorduras.   Seu nome cientifico, diabetes mellitus, significa “urina doce”.  Na realidade, é o que ocorre quando os níveis de glicose na corrente sanguínea ultrapassam certos limites, escapando açúcar através da filtração renal para a urina.

Em apenas duas décadas, o número de vítimas dessa doença, que era de 30 milhões, atingiu, agora, mais de 246 milhões de pessoas no mundo.  A previsão pelo Atlas da Federação Internacional de Diabetes, era de que esse número de portadores desse transtorno fosse atingido apenas em 2025.

O elemento chave para levar a glicose disponível no sangue par ao interior da célula é a insulina, produzida pelo pâncreas – um órgão que fica atrás do estômago.  Cada célula do corpo possui receptores para insulina, os quais, não sendo acionados , perdem sua função, como toda estrutura física em desuso no corpo. Estudos científicos revelam que a gordura em excesso, tanto no corpo quanto na dieta, agrava o quadro, pois a mesma e metabolizada na célula para produção de energia, em detrimento da glicose.

O surgimento do diabetes deve-se , entre outras, a duas causas básicas:

1. O sangue carrega a glicose que está disponível pela alimentação e pelas reservas do próprio corpo acumuladas no fígado e nos músculos, para que cada célula produza a energia necessário ao exercício e trabalho físico. É como se fosse a gasolina para o carro andar.  Ocorre que, no mundo de hoje, a maioria das pessoas não reserva tempo para o exercício físico, levando uma vida sedentária.  Como resultado disso, a necessidade de energia é pequena e a célula não requer nem aceita a glicose circulante no sangue – o que chamamos de resistência insulínica, que pode desencadear-se por uma propensão genética ou pelo estilo de vida, ou, ainda, por ambos.

Diabetes Exercicios

Medicamentos modernos melhoram a resistência do corpo à insulina, mas nada se compara ao efeito sensibilizador do exercícios físico, que faz ás células usarem bem a insulina e a glicose, como uma eficiência mais de 3 vezes maior que o melhor remédio do mundo.

2.Comer mais do que precisamos é o maior erro alimentar que se comete.   Pela facilidade em se encontrar alimentos em cada esquina, “nem sempre tão saudáveis” e a ansiedade gerada pela falta de atividade física, muitas vezes come-se até mais do que atletas e trabalhadores braçais.  Uma vez que tem menor desgaste físico, os sedentários deveriam comer menos.  Entretanto, muitos não estão preocupados com essa lógica.

Quando se deseja engordar rapidamente um animal, colocam-no em confinamento, onde não possa ter muita atividade.  O ser humano também reagem dessa forma, com o agravante de sua alimentação se basear em massas refinadas, doces e produtos gordurosos, que vão transformar-se em grande quantidade de glicose e gorduras.  Comer muito, comer nos intervalos e comer alimentos inadequados são elementos causadores e complicadores do diabetes.

Pare, Medite e Ore:  Comer em excesso e não fazer exercício faz parte de seu estilo de vida?  Por que isso está acontecendo?  Apresente, em oração , seu caso a Jesus.  Diga que você está vivendo esta realidade, mas deseja de todo o seus coração mudar, de estilo melhor de vida para se ter qualidade e ouvir com mais clareza a voz de Deus.

O cansaço constante, a perda inexplicável de peso, a ingestão de muita água e o excesso de urina, são os principais sintomas.  Mas , também , dores de cabeça, nervosismo, irritabilidade, náuseas e vômitos podem fazer parte dos sinais e sintomas da doença.

O tratamento geral do diabetes está baseado em três aspectos:

 *Dieta livre de açúcar de qualquer espécie, com redução das gorduras, principalmente as saturadas.

*Exercício físico rotineiro.

*Uso de medicamentos com várias ações no organismo, dependendo da causa da elevação da glicemia na corrente sanguínea.  Essa elevação pode resultar de :

*Resistência Insulínica que, no inicio leva a um aumento compensatório na produção de insulina, mantendo ainda por um bom tempo níveis quase normais de glicose no sangue, apesar da pessoa já estar com a doença instalada.  Nessa fase, pode haver aumento de peso, triglicérides e pressão arterial.

*Insuficiência Insulinica como consequência direta de doenças no pâncreas, em geral por problemas imunológicos ou uma falência progressiva da produção de insulina, pela própria sobrecarga do pâncreas, causada pelo excesso na produção de insulina para compensar as altas taxas de glicose nos casos de excesso de peso, falta de exercício ou resistência à insulina.

O tratamento baseado apenas nas drogas, em geral, apenas ataca o efeito e não a causa.  Daí o senso comum de que o diabetes não tem cura – o que não é , necessariamente, uma verdade.  Hoje sabemos que essa doença pode ser prevenida e até curada.   Se você é  uma pessoa de risco para diabetes, por ter familiares com a doença, por estar com excesso de peso, por não   fazer exercícios ou por ter se alimentado de forma errada no passado, saiba que não precisa adquirir essa doença.

 Vários estudos científicos demonstram que os hábitos de vida influenciam, diretamente, no surgimento do diabetes.  Recente estudo coordenado  pela Dra . Jaana Lindstrom e colaboradores, do National Public Health Institute, em Helsinki, Finlândia, e publicado em novembro de 2006, na importante revista médica The Lancet, mostrou os efeitos da mudança no estilo de vida por meio de aconselhamento para pessoas com risco para diabetes.

O alvo do programa de educação era redução de peso, evitando excessos de gordura total e saturada (gorduras animais como carne gorda, leite gordo, queijos gordos e curados frituras, manteiga, etc.), aumento na ingestão de fibras alimentares  (verduras cruas, frutas com bagaço, cereais integrais como milho, arroz e pão integrais, aveia, etc.) e aumento na atividade física.

Como resultado dessas mudanças , houve uma redução direta de 58% no risco dessas pessoas tornarem-se diabéticas, em relação a um grupo que não se submeteu à reeducação.   Essas pessoas continuaram livres do Diabetes Mellitus tipo 2, mesmo depois de quatro anos após as mudanças no seu estilo de vida – tempo em que foram acompanhas pelos pesquisadores.

As providências para prevenção e cura do diabetes são semelhantes às da hipertensão; dieta saudável e exercícios físicos. 

É indidiabetes comer frutasspensável o uso de frutas pela manhã e a noite, saladas cruas ao meio-dia e cereais integrais com uma quantidade apropriada de fibras em cada refeição.  Há que se levar em conta a supressão de açúcar, doces, mel e melaço de cana e cereais refinados, evitar gorduras e fazer caminhadas diariamente.   Esta é a parte que corresponde a você no cuidado da saúde, porque “Deus não cura os doentes sem o concurso dos meio de cura que estão ao alcance dos homens”. – Mensagens Escolhidas, vol. 2, pág. 286

Gostou desse ARTIGO?  Mande um mail para   cienciadobemestar@gmail.com    ou Assine Nossa Lista logo acima e receba o Livro Conselho Sobre Regime Alimentar.pdf   totalmente grátis e mais atualizações.

Fonte: Saúde e Adoração 2ª Jornada Espiritual – 40 Dias com Deus